Contato

Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato em breve:



  

Mídia

Ação contra neonazistas em cidades do RS foi preventiva, diz delegado

Daniel Favero
9 de Dezembro de 2016

Polícia vem monitorando grupos há cerca de 15 anos no estado. Homem foi levado para prestar depoimento, e material foi apreendido.

operação policial deflagrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (8) em sete cidades do Rio Grande do Sul contra grupos neonazistas foi preventiva, conforme explica o delegado Paulo César Jardim ao G1. Ninguém foi preso. Um homem de 26 anos foi levado para prestar esclarecimentos, e materiais foram apreendidos.

O delegado diz que não havia informação de alguma ação concreta dos grupos, mas desde um contato de ucranianos há 10 meses, do qual a polícia teve conhecimento, a atenção redobrou. "Fomos em cima disso”, relatou.

"Uma pessoa veio [ao Rio Grande do Sul] para para cooptar pessoas. Eles se apresentam como guerrilheiros urbanos, e iriam embora como guerrilheiros mercenários contra a Rússia”, completou Paulo César Jardim.

Conforme a polícia, grupos de neonazistas gaúchos estariam sendo recrutados para participar da guerra civil na Ucrânia. O delegado, no entanto, preferiu não comentar o conteúdo do depoimento do homem ouvido nesta quinta.

Os mandados judiciais foram cumpridos dentro da operação Azov nas cidades de Viamão e Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, e também em Passo Fundo e Erechim, no Norte, Caxias do Sul, na Serra, Cruz Alta, no Noroeste, e em São Nicolau, nas Missões.

Os grupos neonazistas em atuação no estado têm atividades monitoradas há cerca de 15 anos, e por conta do conhecimento do potencial ofensivo dos integrantes, a polícia resolveu deflagrar a ação, por prevenção.

"Seria o sonho de toda a polícia, de evitar que o pior acontecesse", frisou o delegado. "Esses grupo são conhecidos, por isso identificamos", acrescentou.

Ainda conforme Paulo César Jardim, o grupo ucraniano Misanthropic Division defende a supremacia branca e faz parte do batalhão Azov, que mantém os ideais nazistas em meio à guerra civil no leste europeu.

Durante a operação, os policiais apreenderam material relacionado com o nazismo, 47 estojos de 9mm, propaganda de um grupo intitulado “White Power Sul Skin”, bem como publicações sobre Adolff Hittler.

Fonte: G1

 

Mais Mídia
  • www.migalhas.com.br
    Migalhas
    9 de Abril de 2019
    CADASTRO POSITIVO

    Publicada lei que torna automática adesão ao cadastro positivo

    Lei complementar 166/19 foi publicada no DOU desta terça-feira, 9.

  • https://www.conjur.com.br
    Mariana Oliveira
    3 de Abril de 2019
    Dívida insignificante

    HC só pode trancar ação penal se defesa provar atipicidade, decide STJ.

  • https://www.conjur.com.br
    Gabriela Coelho
    28 de Março de 2019
    Ritual Afro-brasileiro: Lei estadual que permite o sacrifício de animais em religiões é constitucion

    O plenário do Supremo Tribunal Federal declarou, em sessão desta quinta-feira (28/3), que é constitucional a lei do Rio Grande do Sul que permite o sacrifício de animais em religiões de matriz-africana.

  • https://www.conjur.com.br
    Ana Pompeu
    14 de Março de 2019
    Supremo mantém julgamento de crimes comuns com a Justiça Eleitoral

    "Não há espaço para dúvidas quanto à competência da Justiça Eleitoral para julgar crimes comuns conexos aos eleitorais", afirma Marco Aurélio

  • www.migalhas.com.br/quentes
    José Eymard Loguercio, Fernanda Caldas Giorgi e Antonio Fernando Megale Lopes
    9 de Março de 2019
    Legislação

    Lei que autoriza bloqueio de bens de investigados por terrorismo é sancionada com veto

    Norma foi publicada em edição extra do DOU.

  • https://www.conjur.com.br
    Ana Pompeu
    20 de Fevereiro de 2019
    Até Congresso legislar

    Por omissão legislativa, Celso de Mello declara LGBTfobia punível como racismo

  • www.migalhas.com.br/quentes
    Migalhas
    13 de Fevereiro de 2019
    Câmara aprova PL sobre bloqueio de bens relacionados ao terrorismo sem ordem judicial

    Texto determina cumprimento imediato de sanções impostas pela ONU e ainda será analisado pelo Senado. 

  • https://www.conjur.com.br
    Fernanda Valente
    9 de Janeiro de 2019
    HC Coletivo

    Reincidência não impede que mãe de criança cumpra domiciliar, diz Lewandowski

  • https://www.conjur.com.br
    Mariana Oliveira
    27 de Novembro de 2018
    Exceções à regra

    Impenhorabilidade do bem de família não se aplica em indenização por crime

  • Folha de São Paulo
    Fernanda Canofre
    19 de Setembro de 2018
    Após 13 anos, júri condena 3 acusados de ataque neonazista no RS

    PORTO ALEGRE: Três homens acusados de associação com a ideologia neonazista foram condenados nesta quarta-feira (19) por tentativa de homicídio triplamente qualificado, em um ataque contra três jovens judeus, ocorrido em 2005, em Porto Alegre. 

Mídia
© Copyright 2019 Aronis Advogados - aronis@aronisadvogados.com.br
Rua Afonso Braz, 579, 12º andar - conj. 125 - 04511-011 - Vila Nova Conceição - São Paulo - SP - Brasil
Acesse nosso perfil no Linkedin
Ftech Soluções em Internet