;
17/07/2019
A boa tradução pode minimizar questões relacionadas à cobrança

Sou tradutora juramentada e meu escritório, a Korn Traduções, presta serviços de tradução técnica e tradução juramentada para empresas ao redor do mundo. Octávio Aronis, um grande parceiro e integrante do escritório de advocacia de cobrança internacional Aronis Advogados, pediu-me para redigir um artigo demonstrando como traduções e cobranças estão frequentemente conectadas. 

Embora a maior parte de nosso trabalho consista em traduzir diversos tipos de documentos no início e durante um relacionamento comercial, também é comum sermos procurados para traduzir documentos comerciais e jurídicos que dão suporte a litígios e outros tipos de procedimentos jurídicos, sobretudo quando o cliente deixou de pagar o que devia. Como tradutora com mais de 20 anos de experiência na profissão, permita-me sugerir algumas ideias para minimizar possíveis problemas relativos à cobrança. 

Por gentiliza, não parta do pressuposto que todas as pessoas leem, escrevem e entendem o inglês de forma fluente. Embora o idioma seja utilizado como “língua franca”, há quase sempre uma expectativa por parte dos países de língua inglesa de que o mundo todo seja capaz de falar, ler e escrever em inglês fluentemente. Muitas vezes, excelentes falantes de um idioma não se encontram tecnicamente preparados para a leitura e compreensão de textos. Em uma situação assim, o exportador estrangeiro pode ser induzido a acreditar que seus contratos e demais documentos jurídicos, ainda que assinados, sejam bem compreendidos.  

Documentos precisam ser juridicamente vinculativos. Vale enfatizar que não basta que os seus documentos contratuais importantes sejam traduzidos para o idioma do seu cliente; é necessário certificar-se de que todos os termos e condições sejam juridicamente vinculativos no país do seu cliente.  

Evite o uso de softwares de tradução sem pós-edição humana. Quando um cliente nos envia os seus documentos que foram traduzidos por um software de tradução, geralmente suas nuances culturais, jurídicas e linguísticas ficam bastante comprometidas. Além disso, é frequente nos depararmos com duplas e triplas negativas em uma mesma sentença, o que resulta em um entendimento contrário daquele que o remetente pretendia comunicar. Não sabemos o que o futuro nos reserva, mas no presente, apenas seres humanos devidamente capacitados estão aptos a decifrar todas as nuances de um texto complexo.

Pedidos de compra, faturas, demonstrações e outros documentos deveriam ser bilíngues. Já que contadores, pessoal de depósito e demais membros da equipe podem não dominar o idioma inglês na empresa do seu cliente, manter esses documentos em ambos os idiomas facilitará a velocidade e a exatidão do processo. 

Mantenha simplicidade e foco no teor da sua comunicação. Algumas vezes nos é solicitada a tradução de textos com sentenças muito longas, com várias orações. Na verdade, o objeto está tão longe do sujeito que nem sempre conseguimos entender o que está realmente sendo dito. Sentenças curtas, com uma ou duas ideias relacionadas e linguagem mais simples, facilitam o entendimento por serem claras e concisas. Sempre que possível, evite o “juridiquês”, já que isso dificulta enormemente a tradução para outros idiomas.
 
Evite gírias e acrô

Fonte : Célia Korn

Tags

  • Sou

  • tradutora
  • juramentada
  • e
  • meu
  • escritório
  • a
  • Korn
  • Traduções
  • presta
  • serviços
  • de
  • tradução
  • técnica

Mais Noticias

Entre em contato conosco,
somos especialistas!

ENTRAR EM CONTATO }


Rua Afonso Braz, 579, 12º andar - conj. 125 - 04511-011 - Vila Nova Conceição - São Paulo - SP - Brasil


Acesse o nosso perfil no Linkedin